6ª Gerenciamento de sua chave privada


Ao conhecer o Bitcoin, você já é orientado sobre ter a custódia de suas chaves privadas, mas o problema não é ter posse dessas chaves e sim saber onde guardá-la e principalmente a importação para aplicações web como apps em smartphone.




1ª Mantenha seu sistema e dispositivos atualizados


Regra básica, mantenha sempre seu computador e smartphone com todas as aplicações atualizadas. Mantenha sempre seus navegadores atualizados e constantemente verifique a existência de possíveis extensões, outra opção é você utilizar ambientes seguros como é o caso de Sanbox, ferramenta disponibilizada por boa parte dos antivírus, através desta aplicação é praticamente impossível que algum Keylogger realiza captura de informações.




7ª Criptografar suas chaves privadas


Todos os software disponíveis para criação de carteira, tem esta possibilidade de proteção da sua carteira, use as sempre para sua proteção.




3ª Autenticação em dois passos · 2FA


Mesmo que alguém descubra sua senha, sempre será solicitado uma outra senha, que são geradas de formas aleatórias, por apps como o Google Authenticator e Authy que deve estar devidamente associados a sua conta. Ao se registrar em quaisquer serviços seja exchages ou carteiras online, procure de imediato como ativar esta função e quais são os procedimentos de desativação caso você perca seu smartphone. recomendação: utilize o Authy pois permite instalar em vários dispositivos bem como computadores. se voce utiliza Authenticator sugiro trocar pelo Authy. Nunca, jamais utilize exchanges, serviços sem a função 2FA, Nunca.




8ª Backup das chaves privadas


Se é você que faz a custódia de suas próprias chaves privadas, eu espero que sim, sempre realize backup, que nada mais é cópias de seguranças. Você pode fazer isso de diversas formas, diretamente do software que gerencia sua carteira e logo em seguida criptografar o arquivo que contém estas chaves. recomendação: use serviços na nuvem, como Google drive, Onedrive, Dropbox ou até mesmo usar um pendrive exclusivo para esta finalidade. Nunca jamais armazene chaves privadas em texto puro, lembre-se sempre de criptografar, e proteger com senhas, softwares compactadores como Winrar ou Winzip.




10ª Lembre-se!!! seu banco de criptomoedas é voce


É claro que o nível de tanta paranoia deve ser sempre proporcional à quantidade de bitcoin que você possui, o seu gerenciamento depende de cada um. Você é o responsável da sua segurança e você pode definir seus próprios meios para se proteger. Se não tem conhecimentos suficientes procure um profissional de alta confiança para auxilia-lo.




4ª Jamais use a mesma senha


Muitos golpistas criam sites para conseguir e-mails, senhas e mais informações para acessar outros sites que você possui usando as mesmas informações. Muito cuidado, principalmente com sites faucets!. sugestão: ao invés de tentar memorizar ou anotar senhas, crie uma fórmula para suas senhas. Utilize softwares memorizadores de senhas, um dos melhores e testado por nós é o Dashlane, uso gratuíto, para maior segurança planos mensal de $ 3,33 e $4.




5ª Atenção redobrada aos acessar sites e ao enviar bitcoins


Phisihing é uma expressão que define e-mail malicioso que aparenta ser de instituição conhecida, mas contem links que o remetem para sites falsos. Os fraudadores utilizam técnicas para mascarar o link que parece ser verdadeiro. Contudo, ao passar o cursor do mouse sobre o link, será possível ver o real endereço da página falsificada. Normalmente, este link será diferente do apresentado na mensagem. Nunca clique em um link sem antes certificar-se de sua autenticidade. Desconfie de mensagens que ofereçam prêmios ou vantagens em nome de instituições financeiras ou comerciais. Esses links normalmente são vírus ou outras pragas que irão contaminar o seu computador e com isso suas contas de acesso a web também poderão ser comprometidas. Uma das dicas mais importantes. Infelizmente, muitos estelionatários usam a tecnologia do bitcoin para inventar esquemas pirâmides ou simplesmente, roubar seus bitcoins com sites que prometem dobrar seu investimento ou te oferecer porcetagens ilusórias, como por exemplo, 5% ao dia ou 1% a hora.




2ª Proteja sua identidade


É importante ter cuidado ao compartilhar informações sobre suas transações em espaços públicos como a web, voluntária ou inconscientemente, de modo a evitar revelar sua identidade junto com o seu endereço Bitcoin. Se for o caso, ao postar textos, imagens ou vídeos jamais esqueça de esconder a chave privada bem como informações privadas.




9ª Evite usar carteiras em dispositivos móveis


Você deve evitar o uso de dispositivos móveis, especialmente no caso de grandes somas de dinheiro, pois podem ser perdidas e / ou comprometidas. Nesses casos, é realmente melhor manter a carteira em equipamentos que não estão conectados à internet.





Proteção e segurança

Ao longo dos últimos anos, vimos inúmeras ameaças à segurança dos dados armazenados praticamente e também aos dados em transferência durante a execução das transações comerciais.

Com a crescente importância de cryptocurrencies como bitcoins, aqui estão algumas dicas de como proteger sua identidade, chaves privadas, carteiras, etc.

"Segurança nunca é demais, desde que seja aplicada de forma correta"

Lembre-se, seu banco de cripto-moedas é você

a seguir, 10 dicas para sua proteção...

DESTAQUES

© 2017 · S.Spacov