Citigroup é o mais recente banco a oferecer custódia criptográfica: veja como isso afetará o mercado


De acordo com Frank Chaparro, da Business Insider, fontes próximas ao Citibank revelaram que o banco de 175 bilhões de dólares em Nova York oferecerá soluções de custódia criptografada para investidores institucionais.

Por meio do lançamento de um produto chamado Digital Asset Receipt (DAR), o Citigroup permitirá que investidores institucionais invistam em moedas criptografadas de maneira totalmente segura e regulada.

Semelhante aos ETFs

Conceitualmente, um DAR é similar aos fundos negociados em bolsa (ETFs), já que os investidores não precisam realmente possuir o estoque ou ativo que é representado pelo DAR. Por exemplo, o Citigroup tem oferecido DARs com base em ações estrangeiras que os investidores dos EUA não podem comprar.

Por possuir DARs emitidos pelo Citibank, os investidores nos EUA possuem, essencialmente, instrumentos que representam o valor das ações ou ativos que são de propriedade do Citibank em nome de seus consumidores.

Com o Bitcoin, o Citibank emitirá DARs que seus clientes poderão comprar equipados com seguro, proteção, monitoramento de transações e outros sistemas exigidos pelos reguladores financeiros dos EUA. Ao investir em DARs, as instituições poderão deter instrumentos que representam o valor do Bitcoin .

Chaparro, jornalista da Business Insider, escreveu :

"O banco vai alertar a Depository Trust & Clearing Corp, um intermediário de Wall Street que fornece serviços de compensação e liquidação, uma vez que é emitido o recibo, uma das pessoas disse."

leia mais...

DESTAQUES

DESTAQUES

© 2017 · S.Spacov